para que as aves não esqueçam o voo... e as árvores não deixem de anunciar a primavera...

Seguidores

sábado, 17 de janeiro de 2009

o dia soltou as tranças que o luar salpicara de prata.
estendeu vagarosamente os sonhos que entrelaçara. no escorrer das horas...
alongou os dedos. a medo. secou as lágrimas...
desenhou pontes e bordou laços.

4 comentários:

Morgana disse...

...Pingam-nos dos dedos as horas doridas...e as lagrimas coroam de cristais os sonhos bordados pela noite fora...

simplesmenteeu disse...

Morgana
É preciso desenhar pontes e atravessá-las.
Depois, com dedos de carinho, bordamos os laços e, quando damos conta, as lágrimas transformaram-se em cristais de luz e os sorrisos voltam a brincar nos sonhos.

Beijos

Pedrasnuas disse...

O dia soltou as tranças? Já viste um rapazinho de tranças???e o luar andou a ser matreiro?!Mas o dia é sonhador...tem dedos...medo...seca as suas próprias lágrimas?!Corajoso
Lindo dia , desenhou pontes para se ligar aos outros dias...e não se esqueceu dos laços,nem das teias nem dos cansaços....
Arrisquei outra forma de interpretar ...espero que te agrade!
Essa foto que seleccionaste ...sem comentários...
Para ti como sempre
Eterno Abraço meu

simplesmenteeu disse...

Por aqui tudo é livre...
Os meninos podem usar tranças e laços e brincar de tudo...
Interpretar é livre... Nem dou pelos comentários, se não os procurar...
Eu também às vezes brinco com as palavras que encontro, incomodo e provoco. E acho bom... porque só se faz quando se conhece e nos começamos a sentir em casa...

Abraço terno.Eterno



Chove no país das fadas...

e até as árvores se esqueceram de anunciar a primavera!...


Acerca de mim

A minha foto
procura de um sentido... .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. "em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos" --A. Saint-Exupéry--