para que as aves não esqueçam o voo... e as árvores não deixem de anunciar a primavera...

Seguidores

terça-feira, 29 de setembro de 2009


naufraga caída de um cometa em chamas
navego no teu olhar de marinheiro.
desventro mares e toco o assombro das sereias.
entranço algas. faço um manto que estendo na areia.
quando o sol desce ao fim da tarde.
solto-me na linha dos teus olhos
nos peixes que desenhas sobre as ondas em mosaicos de escamas prateadas.
em cachos anelados de limo verde onde os meus dedos se perdem
e constroem jardins marinhos e corais voadores.
**

22 comentários:

ADiniz disse...

Todo marinheiro
deixa moças encantadas
nas encostas dos mares
em portos que atraca
Nos braços, trazem consigo
flores, compotas de doces, sorrisos
e palavras desejosas,
escorridas na areia dourada
do sol que põem-se
Mas seu coração aprisionado
regressa a alto mar
imerso em um universo belo
é que ele desliza nu
ao encontro de sua amada
amor ancorado.
Por sua sereia
filho do mar

Bjinhos e uma semana de branda maré, afinal a lua é crescente.

Anónimo disse...

°°°°°°°°°°°°|\ NAVEGUEI
°°°°°°°°°°°°|_\ ATÉ AQUÍ
°°°°°°°°°°°°|__\SÓ PRA DESEJAR
°°°°°°°°°°°°|___\UMA ÓTIMA SEMANA
°°°°°°°°°°°°|____\°°°°°°PRA VOCÊ!!
°°°°°°°°°°°°|_____\°°°°°°
°°°°°°°°°°°°|______\°°°°°°
°°°°°°______|_______________
~~~~ \_____NAFT___________/ ~~~~
,.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~
-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~¯¨`
*•~-.¸, ,.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•~-.¸,.-~*´¨¯¨`*•

mie disse...

...nos teus jardins marinhos deixo um beijo

muito terno.

Obrigada querida L.

Ana Oliveira disse...

Jardins de fogo...


Um beijo

Ana

simplesmenteeu disse...

ADiniz

Enquanto houver mundo marinheiros e sereias dançarão na noite dos mares. Trocarão flores, compotas, sorrisos e desejos...

Que os anjos do amor se vistam de verde e amarelo e falem a língua do açucar!...

Branda é a maré da ternura, nela navego gostosamente sempre, com os olhos no mar e na lua.

Beijo carinhoso

simplesmenteeu disse...

Anónima

Obrigada pelo lindo barco de velas brancas!
Gostei muito desse mar de fantasia, onde seres marinhos e sonhos se entrançam na dança das ondas.

Arrumo os remos e solto as velas!...

Beijo com estrelas e peixes.

simplesmenteeu disse...

mie

deixo à sabedoria do vento e das marés a fecundação do jardim de flores e frutos marinhos...

grata pela pessoa que és.

beijo grande
en.laço de carinho

simplesmenteeu disse...

Ana

Semeio jardins...
Invento fogos e deixo que o mar me retempere a pele.

Beijo grande

continuando assim... disse...

um verdadeiro jardim submerso

bj
teresa

simplesmenteeu disse...

teresa

...jardim onde passeio os dedos da imaginação.

onde costuro os sonhos e refaço as bainhas...

beijo terno

Pedrasnuas disse...

VAI POR AÍ...NAVEGA NESSE OLHAR MARINHEIRO...SOLTA-TE COMO UMA PONTA DE CHICOTE...AGARRA O MOMENTO...CONSTRÓI MANTOS DE AREIA ...ONDAS DE TERNURA...PRENDE-TE NOS DEDOS E NAS MÃOS E DEPOIS NO CORPO DE SEDA DESEJO...
REFRESCA-TE NESSE OLHAR DE CORAIS VOADORES

BEIJO DE OUTRO MAR

AnaMar (pseudónimo) disse...

Num navegar assim, não há medo de naufrágio.

Solta-te e desliza sobre as ondas, sem tocar os peixes prateados.

Num sentir sem nome.
Um beijo

Lídia Borges disse...

Este poema com cheiro a maresia está repleto de belas imagens, metáforas a voar em forma de corais...

Um beijo

Graça Pires disse...

"naufraga caída de um cometa em chamas navego no teu olhar de marinheiro"...
Um belo poema de quem é marinheiro dos seus sonhos...
Beijos.

gabriela rocha martins disse...

espraia.se o poema na areia porque sabe(s)

a mar



.
um beijo

Chris disse...

Esses jardins marinhos onde teces palavras como corais voadores...
É um prazer ler-te
Bjs
Chris

Sthefanie disse...

Olá!
Mais que o texto, a imagem desta postagem me encantou!No momento em que eu a contemplei,pensei na beleza que existe nas águas, em toda a vida que lá está ...e por motivos que até eu desconheço fiquei com a alma mais leve!
Gostei muito de passar por aqui.. Parabéns por esse lugar tão interresante!

Isabel disse...

bom dia "jardim".

:)



beijo.



y.

© Piedade Araújo Sol disse...

palavras tecidas com mestria tendo como inspiraação o mar.

um belo poema sem duvida.

bom fim de semana!

maré disse...

com cabelos de água navego o assombro dos teus olhos.
deixo á rota dos navios o destino dos meus dedos, corais voadores que se entrançam no meu corpo.

____
e eu que não me sei fora do azul, marítimo, deixo um beijo de lua

quanto pesa o vento? disse...

nafraguei aqui.
mas a rota ficou conhecida e voltarei porque gostei muito.
abraço.

avlisjota disse...

Toda essa luz saida do teu cometa desvenda mares e sereias no cair da tarde.
Desvendas com os teus olhos, belas imagens e um jardim por ti plantado.

Beijos

José



Chove no país das fadas...

e até as árvores se esqueceram de anunciar a primavera!...


Acerca de mim

A minha foto
procura de um sentido... .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. "em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos" --A. Saint-Exupéry--