para que as aves não esqueçam o voo... e as árvores não deixem de anunciar a primavera...

Seguidores

quinta-feira, 4 de junho de 2009

*








dos meus braços...

remos sem sentido!

teço raízes para te ser porto e abrigo de pétalas...

faço do leito onde dormimos

tapete voador de viagens mil.

contigo cavalgo noites de silêncios

enquanto a pele chora em línguas de desejo.

e até ser rio... o suor que molha os dias...

mastigo lentamente o teu sabor de cio.


sem teu sorriso morrerei em cada dia
e até à tua volta,
a vida se suspende tristemente...

*







39 comentários:

A.S. disse...

Pressentem-se todos os desejos
no vagar com que a luz te inunda os olhos.
Mas é por eles, que acedes ao sorriso, para que a vida se não suspenda no leito das ausências...


Beijos...

Pedrasnuas disse...

APRECIO IMENSO O TEU GOSTO...QUER A NÍVEL DA POÉTICA QUER A NÍVEL DAS FOTOS.
ENVOLVIDA EMOCIONALMENTE?
VIAGENS MIL!!! E O DESEJO RONDA AS NOITES E OS DIAS...O CIO...AS CAVALGADAS...O SUOR...E UM SORRISO IMPORTANTE MAS DISTANTE...A VIDA SUSPENDE-SE ATÉ QUANDO?

MUITO LINDO
MERECES UM GRANDE BEIJINHO

lua prateada disse...

Hummmm que maravilhoso apelo!....
Beijinho prateado

SOL

PS. Tenho um amigo que tem um blog de poesia,pessoa humilde que nasceu com uma mente poética. Axo que é digno de ser lido, se quiseres visitar vai a www.jomanell.blogspot.com e o nome do blog é: IMAGINÁRIO.
Obrigada BJIS

Lilith disse...

há sempre algo em redor que espera. que nada mas nada morre enquanto algo ainda bate

como um coração alaúde suspenso
que quandose lhe toca, ressoa.

gabriela rocha martins disse...

simples
mente

belíssimo
( e ,mais uma vez ,tudo perfeito - imagens e poema )


.
um beijo
( com um v na ponta )

simplesmenteeu disse...

A.S.
Acendem a luz no olhar e dançam nos sentidos...

Beijos

simplesmenteeu disse...

Pedrasnuas

Para mim, viver, sem estar envolvida, é uma espécie de estado de morte antecipada...
Talvez, por isso, muitas vezes me sinto perto dela...
E, por isso viajo, correndo atrás das noites... Brinco com o luar e dos seus cabelos faço o véu e o sorriso com que enfeito os dias.

Para ti, também, que todos os teus sonhos se tornem reais e luminosos.

Beijo grande

simplesmenteeu disse...

lua prateada

Gosto de vestir a minha imaginação de prata...
Gosto de andar pelos teus caminhos...

(Não vou esquecer de conhecer o teu amigo. Ao longo da vida, encontrei pessoas que, não sabendo ler, tinham alma de poeta. Pessoas que lembro com saudade)

Beijo prata

sarasvati disse...

MB.

Cio só sinto pela vida. se não morro.

(que foi que aconteceu? - conta-me tu)

eu que me conhecia tão "normal".

simplesmenteeu disse...

Lilith

é mesmo esse "algo" que ainda bate, que segura a vida quando ela pesa...

então, o vento, de dedos compridos, passa mansinho, nas cordas vibráteis.
e, as cordas se soltam, cortando o silêncio, em sons renovados.

obrigada pela visita e pelas palavras.

um beijo

simplesmenteeu disse...

gabriela

simples palavras,
desafiando ou iludindo realidades...

(puzzles, para dissimular tédios?
exorcizar fantasmas?...

...ou sonhos que não se entregam
e negam morrer...)

abraço
(em laço)de ternura

simplesmenteeu disse...

sarasvati

o cio sustenta a vida...

(um dia conto o que aconteceu. quando as linhas de frequência se cruzarem...)

a "normalidade" é uma linha ténue e subjectiva.

um beijo

Nuno de Sousa disse...

Sem palavras para tanta beleza quer nas palavras aqui escritas quer na imagem escolhida...simplesmente fabuloso este teu post.
Parabéns,
Nuno

simplesmenteeu disse...

Nuno

Fico feliz que as minhas palavras te toquem e que aproves as minhas escolhas de imagens. Afinal, quem melhor que tu, para as avaliares?

Grata, acima de tudo, pela tua generosidade e afecto.

Um beijo

isabel mendes ferreira disse...

beijo.



pela constância.

pela pureza desta entrada.


e por uma escrita que se fez voando acima dos dias.

Graça Pires disse...

"dos meus braços...
remos sem sentido!"
Um começo lindíssimo que nos faz saborear as palavras.
Beijos.

Mié disse...

Belíssimo post

sentido.


...ficará sempre o sonho, o devaneio, alimento para as noites de silêncio...

um beijo enorme

terno. muito terno

Ana Oliveira disse...

Dificil se torna, cada vez mais, dizer da beleza das palavras, dos sentimentos que expressam, das imagens que fazem nascer...
palavras que se adivinham nascidas nas noites de sonhos de prata, nas horas de afastar os veus tecidos de desejos e olhar sem medo as maos a latejar esperas...
Obrigada pelo prazer de vir e voltar e ficar sem saber o que dizer!

Um beijo

Ana

NAFTAMOR // Melhoral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
simplesmenteeu disse...

y

escrita com que tento fugir à crueza dos dias, pincelando-a de novas cores.

constância. porque é nesse gostar que se acrescenta de coração aberto e atento.

beijo. Sempre.

simplesmenteeu disse...

Graça

Obrigada por todas vezes que leio deliciada as palavras que partilha.

O meu abraço imenso e grato

simplesmenteeu disse...

Mié

Sonhemos, enquanto o sonho ainda é possível...

Enquanto acontece, as noites serão menos frias e a fome puderá ser iludida.

beijo enorme

Sempre atento e terno

simplesmenteeu disse...

Ana

Em noites de insónia, corre-se atrás do sonho e, de dedos febris e trémulas, desenha-se a lua...
depois, de olhos em chamas, esperamos que nos veja...

Beijo grande

simplesmenteeu disse...

NAFTAMOR

Obrigada pela visita e pelas palavras.

Sorrir... era bom! Mas parece que eu e os sorrisos não nos damos muito bem...

Um beijo

clic disse...

Pintas de mil cores as noites escuras... :)

sarasvati disse...

Passei para reler.

Preciso um cio poético e sobtretudo alheio a mim.

Beijo.

sarasvati disse...

*sobretudo (esta mania de escrever em penumbra dá em gralha.)

Carla disse...

perfeito este post...mexe connosco

passei também para te falar do lançamento do meu livro "In-Finitos Sentires"
beijo

simplesmenteeu disse...

clic

Como diz Mário Quintana:
"A noite acendeu as estrelas porque tinha medo da própria escuridão"
Às vezes, temos de pintar as coisas de cores diferentes. Pode ser a única forma de passar por elas...

Um beijo

simplesmenteeu disse...

sarasvati

Passa sempre
e a noite ficará menos escura...

Beijo terno

simplesmenteeu disse...

Carla

Bem que tu sabes das palavras que mexem com os sentidos...

Parabéns pelo lançamento do teu livro!
de uma forma ou de outra estarei contigo nesse dia.

Beijo terno

A.S. disse...

Voltei para ler-te...
este texto mexeu comigo!...


Beijos meus...
AL

simplesmenteeu disse...

A.S.

Confesso, foi preciso andar por aqui... para muita coisa voltar a mexer comigo.

Mas só quando nos deixamos arrastar pelo que sentimos, podemos tocar os outros...

Beijos

vero disse...

A dança dos sentires, a dança dos quereres...


Gostei muito de conhecer este seu espaço


Tudo de bom,

Beijinhos

Verónica

simplesmenteeu disse...

vero

Obrigada pela visita e pelas palavras.

Fico feliz que tenhas gostado porque é na descoberta mútua que nos enriquecemos, nos inspiramos e que muitas vezes nos apoiamos.

Parabéns pelo teu livro e que o seu lançamento seja um sucesso.

Beijinhos

Me chamo Maria Dias disse...

Quanta sensualidade a flor da pele tb por aqui!

P.S.Que teu amor volte logo!

Obrigada pela visita e suas palavras q falam sempre além...

Abraços

Maria

Nanda disse...

Lindo teu espaço...
carregado de emoçoes...
amei

bjs

simplesmenteeu disse...

Mari Dias

A pele é um mapa de infinitas viagens!

O amor, terá de voltar sempre para nos segurar à vida.

Parabéns pelo teu novo blog! e já fui lá emprestar-te as minhas asas...

Abraço apertado

simplesmenteeu disse...

Nanda

Obrigada pela visita e pelas palavras

Beijos



Chove no país das fadas...

e até as árvores se esqueceram de anunciar a primavera!...


Acerca de mim

A minha foto
procura de um sentido... .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. "em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos" --A. Saint-Exupéry--