para que as aves não esqueçam o voo... e as árvores não deixem de anunciar a primavera...

Seguidores

quinta-feira, 28 de maio de 2009


digo o teu nome baixinho

como se fosse uma prece ou uma oração

arrasto-o. letra a letra. até lhe sentir o gosto nos lábios.

até o colar na minha língua.

solto os dedos

na dança lenta em que percorro e descubro os caminhos do teu corpo.

memorizo-os. bebo-os em pequenos goles de lava e espuma.

e, enquanto

demoras as tuas mãos na minha pele

devoro a fome.calo o grito

que me arde na garganta em sede e chama.


deixa que da febre solta nasçam lírios

vestidos de veludo, mosto e sangue.



**

42 comentários:

Anónimo disse...

*♥´¨)
¸.-´¸.-♥´¨) ¸.-♥¨)
(¸.-´ (¸.-` ♥♥´¨) ♥.-´¯`-.- ♥

Linda a Foto!!!
Esta e a que esteve lá no cimo durante pouco tempo mas que deu para eu ver!
Não te esqueças que quero falar contigo!

Até........

Maria disse...

Não tenho palavras para ti. acho que as devorei...

deixo o meu beijo. sempre.

simplesmenteeu disse...

Anónimo

Ainda bem que gostaste!
Quanto à conversa, está prometida, não vou esquecer.

Beijo

simplesmenteeu disse...

Maria

É sempre muito bom quando dou pela tua passagem...

Devorar é forte mas, às vezes, apetece.

Beijo grande
Sempre

Pedrasnuas disse...

A COMBINAÇÃO ENTRE TEXTO POÉTICO E FOTOGRAFIA ESTÁ...DEMAIS!!!
QUANTO AO POEMA...BEM...APAIXONAR-SE É VERDADEIRAMENTE PRODIGIOSO...
PORQUE É PRECISO TER CAPACIDADE E DAR OPORTUNIDADE A SI PRÓPRIO DE ENTRAR NESSA COMUNICAÇÃO COM O OUTRO.
A PAIXÃO É A FUSÃO DE TUDO...É PARTILHAR O QUE TEMOS DE MAIS ÍNTIMO...A PRÓPRIA NUDEZ...
E DEPOIS DA POÉTICA VEM O VERDADEIRO EROTISMO...O SEXO,O DESEJO, A VONTADE CARNAL.
DE SEGUIDA ENTRAMOS NUMA OUTRA LINGUAGEM...AS FANTASIAS,A SEDUÇÃO...
A CRIATIVIDADE E A IMAGINAÇÃO SÃO FUNDAMENTAIS E ILIMITADAS NESTA DESCOBERTA MÚTUA...

BOA SORTE PARA ESSE AMOR SE FOR CASO DISSO...

BEIJO GRANDE

A.S. disse...

As palavras fluem. em silenciodos gozos. na delicia do ócio as caricias são ainda mais ardentes.
só o desejo ordena o fluente ardor que se propaga. no corpo. nos lábios. na profunda carne.
de tanto respirar.abundantemente. o teu desejo, eu próprio sou a espessa substância do bosque.


Doces beijos...

gabriela rocha martins disse...

há dias em que as palavras colocam os seus mais brilhantes adereços .hoje é um desses dias

hoje as tuas palavras colocaram ( apesar do calor ) sobrepeliz


a fotografia de topo ( repetida um pouco mais abaixo ) é lindíssima ,tornando o teu blogue ainda mais belo


.
um beijo

clic disse...

O conjunto, foto e poema, deve ser efeito do Verão que se nos impôs!... :)

isabel mendes ferreira disse...

um beijo L.








(obrigada).





e assim se voa.


agora mais alto.

simplesmenteeu disse...

Pedrasnuas

Viver é, simplesmente, a capacidade de nos apaixonarmos. E nem é importante que seja pelas pessoas...

"Esse amor" não precisa ser caso de nada... porque há sentimentos que valem, acima de tudo, pela fantasia que criam.

Obrigada pelas tuas palavras.

Beijo carinhoso

simplesmenteeu disse...

A.S.

É fácil deixar a imaginação voar.
Iludem-se realidades e preenchem-se vazios.
E, nesse espaço sem margens, tudo é perfeito...

Beijo terno

simplesmenteeu disse...

gabriela

as palavras são o que o momento diz...

fico grata pela referencia à fotografia. é dificil dizer o que se quer dentro dos limites que imaginamos e andei às voltas nessa busca.

obrigada pelas palavras

um beijo

simplesmenteeu disse...

clic

Tens razão...fantasias de um verão fora de época...
mas sonhar é gostoso e alimenta a vida.

(a minha proposta está de pé
vamos ver quando vem a inspiração para o texto)

um beijo

simplesmenteeu disse...

y

voar por dentro da fantasia

ou, talvez, um instinto de sobrevivência...


Sempre

o beijo e a admiração

de uma vida

Maria Emília disse...

Cara amiga,
Foi muito inspirada a forma como transmitiu o momento. Transporta-nos e isso é importante quando se escreve. Que consigamos dar vida aos sentidos e às emoções. Gosto muito do seu blog.
Um beijinho,
Maria Emília

simplesmenteeu disse...

Maria Emília

Minha amiga,
temos de criar os momentos à medida das nossas necessidades...

Deixar que as emoções se soltem, mesmo que seja num mundo de fantasia...
Mas, acima de tudo, não deixar morrer dentro de nós, a capacidade de nos apaixonarmos.

Não esqueci. Não vou esquecer, a palavra no momento certo, o carinho da mão, o abraço de amizade. Muito obrigada mesmo.

(sou a pessoa que esteve a abrir o blog, no ultimo fim de semana)

Fico feliz por gostar do meu blog. Fico feliz, acima de tudo, por ser minha amiga.

beijinho grande e terno

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Música orquestrada com suas poesias, formam um belo par de sensibilidade... adorei!

Beijo grande.

Rebeca


-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Os comentários não desaparecem, é porque são moderados, entendeu? Não podemos ficar sem essa sua poesia, sem esse seu carinho. Suas palavras são tão sentidas...

Beijo imenso e que seu domingo seja de luz.

=]

Rebeca

-

Ana Oliveira disse...

Um beijo.



A tua poesia faz com que todas as minhas palavras sejam demais!


Ana

Tchi disse...

Extraordinário o que as tuas mãos por ti dizem.

Gostei desta voz na pele.

tulipa disse...

Um nome mesmo dito baixinhinho chega sempre ao destinatário
um abraço
tulipa

Maria Dias disse...

Percebo os 4 sentidos na tua poesia.O tato,o paladar,a visao,a audição poderia ser 5 ao sentir o aroma dos lírios mas vamos esperar o nascimento das belas flores!

Obrigada pela visida e pelo carinho terno.

Beijinhos

Maria

sarasvati disse...

Muito bom o poema como era de esperar. :)

"veludo, mosto e sangue." grande mistura pejada do erotismo. aqui urgente.

Bom dia.

sarasvati disse...

Muito bom o poema como era de esperar. :)

"veludo, mosto e sangue." grande mistura pejada do erotismo. aqui urgente.

Bom dia.

Verónica (peke) disse...

Sueños, lagrimas y deseo....

Genial el post!!!!

besotes de esta peke.

pd: te espero como siempre por mi rincon con tu taza de cafe, si gustas...

Graça Pires disse...

Uma prece. Uma dança lenta. Um grito calado. Um poema muito belo.
Beijos.

Fernanda disse...

Gostei bastante de ler este poema.
Imagens bonitas que o amor vai deixando em cada um de nós...


Uma boa semana de preferência sem mto calor...:)

simplesmenteeu disse...

Rebeca

No vosso blog vive-se a festa e a música dos sentidos.
Por isso, os vossos ouvidos estão sempre na sintonia certa.

Quanto aos comentários a dificuldade desapareceu. Espero que se mantenha assim para que sempre vos poder deixar algumas palavras.

Beijo grande para os dois

simplesmenteeu disse...

Ana

Sabes como gosto de encontrar as tuas palavras.
Elas são razão de muitas razões...

Beijo grande

simplesmenteeu disse...

Tchi

As minhas mãos... às vezes, voam livres como os pensamentos

um beijo

simplesmenteeu disse...

tulipa

Tem dias...ás vezes, parece que sim...

Um abraço

simplesmenteeu disse...

Maria Dias

Esperemos então o nascimento das flores.
Aí, será a plenitude dos sentidos.

Beijo terno

simplesmenteeu disse...

sarasvati

Obrigada pela visita e pelas palavras.

Á vezes, sai assim... a deixar um lastro de sal e sangue.

Um beijo

AnaMar (pseudónimo) disse...

Passar por aqui, beber-te as palavras e sair saciada, com um sorriso.
Bj

simplesmenteeu disse...

peke

Embalamos os dias entre sonhos e lágrimas. Entre desejos vividos e desejos contidos.

Feliz por teres gostado.
Sempre vou beber café contigo... Gosto. É doce e quente!

Beijo terno. Espera-me!...

simplesmenteeu disse...

Graça

A dança lenta de um desejo/sonho contido.

Beijos

simplesmenteeu disse...

Fernanda

Fico feliz que tenhas gostado.
Fico feliz que me digas alguma coisa.
Sei que tens a palavra e o abraço certo e seguro.
Não sei se o amor cria as imagens ou se serve o pretexto de as criarmos...

Boa semana, com muita ternura e harmonia.

Um beijo

simplesmenteeu disse...

AnaMar

Gostei muito de te ter encontrado...
Bom que encontraste o nº da minha porta... porque também eu gosto de entrar na tua e ficar por lá.
Volta sempre.

Beijo terno

Nuno de Sousa disse...

Bem... que poema quente este :-) comecei a trabalhar e já estou a soar ehehehhe, belo momento, bela sensualidade belo momento de amor e prazer... e é um prazer aqui passar... sempre.
Obrigado pelo momento, adorei.
Bjs grandes,
Nuno

alice disse...

gosto especialmente dos lírios. escrevi uns num poema para o saramago. eram de açafrão :) um grande beijinho, liseta.

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

Secreta disse...

Intenso ... palavras que nos arrepiam os sentidos... :)



Chove no país das fadas...

e até as árvores se esqueceram de anunciar a primavera!...


Acerca de mim

A minha foto
procura de um sentido... .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. "em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos" --A. Saint-Exupéry--