para que as aves não esqueçam o voo... e as árvores não deixem de anunciar a primavera...

Seguidores

sábado, 18 de julho de 2009

*


nasce no grito silenciado.



suspende-se na voz


magoada.


é um toque suave de nuvens


ou relampago na madrugada.


solta-se


da respiração contida


do suor que despe os corpos


do abraço que funde as almas.


sabe


a sangue e a sal,


a terra e a água.


queima e sopra leve.


é morte consentida!


rasga


a folha branca


em letra desenhada.


abre na noite


em espiga dourada!
*

47 comentários:

Pedrasnuas disse...

QUE DOR BRUTAL É ESSA? ! QUE FAZES ESCONDIDA ATRÁS DESSA MORTALHA?
QUE MAGIA, QUE BELEZA DE PALAVRAS!!!

PARABÉNS POR MAIS ESTA BELÍSSIMA CRIAÇÃO ESTÉTICA

BEIJINHO SEM DOR

Su disse...

ao ler.t parece ser tão facil conjugar palavras, para demonstrar sentires...............


jocas maradas .......sempre

Maria disse...

Consigo sentir-te.
E fico assim, sem palavras.

Um beijo terno, sempre

Anónimo disse...

"abre na noite em espiga doura!"

extraordinário.


Um beijo

P

mie disse...

...

é na noite que o dia se faz dia...

e Tu, assim, em "espiga dourada".

Um beijo

muito terno.

Isabel disse...

beijo.


sobre a face que a lua descobre. terna!!!!


e que seja muito feliz na dobra das palavras que vai espalhando.



L.





y,

pin gente disse...

um abraço tão profundo entranha-me em ti. a minha carne converte-se na tua. o nosso sangue mistura-se nas veias que em mim correm, passam do meu coração para teu em bombadas aceleradas de paixão. a saliva inflama, as faces ruborizam e os nossos corpos incham com os gestos de amar e as palavras de desejo.


um beijo
luísa

Teresa Queiroz disse...

e o sentir ...vai sempre além das palavras por mais belas que sejam :)

gostei

Maria Dias disse...

Bonito este nascimento em forma de poesia...

Beijinho

Maria

Crystal disse...

O sangue e o sal que tanto nos diz…perfeito. Também eu contenho a respiração e saboreio esse sentir que queima e nos faz vivas…

Bjs

Fernanda disse...

Como um perfume que se cheira,...assim é aquilo que escreves...
Sentimos no meio das tuas palavras o doce aroma de sentir o Amor.


Beijo e uma boa semana

Graça Pires disse...

"sabe a sangue e a sal,a terra e a água".
Ficou-me na boca e no sangue o mesmo sabor. Um beijo.

simplesmenteeu disse...

Pedrasnuas

A dor ou o recolhimento são a antecâmara que prepara o renascimento.

Um beijo

simplesmenteeu disse...

Su

Tem alturas que as palavras saem "a pulso" outras esvoaçam dentro de nós e escapam-nos ao encontro dos outros

Beijo carinhoso

simplesmenteeu disse...

Maria

Sempre nos sentimos, mesmo sem palavras...

É uma espécie de fio invisível...

Abraço forte e carinhoso

simplesmenteeu disse...

Anónimo

Há uma espiga dourada
dorme numa taça de prata...

lá sempre me ilumino e reencontro

Beijo grande

simplesmenteeu disse...

mie

nas noites por dormir, construimoa a magia das madrugadas...

beijo grande e terno

simplesmenteeu disse...

Isabel

Desdobro as palavras.
delas faço asas...

ensaio a dança. o voo.

e riscando as nuvens, deixo um beijo na lua.

Beijo

simplesmenteeu disse...

pin gente

há um abraço que se entranha, confunde os corpos e os faz estremecer num diálogo silencioso que ninguém mais pode ouvir nem entender...

esse é um momento unico e inesquecível!

beijo carinhoso

Ana Oliveira disse...

Torne-se o grito

em

canto

A justificar

A Fenix!

Um abraço

Ana

simplesmenteeu disse...

Teresa

Tens razão!
Há sentires que estão para além das palavras. (Mas esses, nem todos conseguem sentir...)

São momentos de eternidade!

Um beijo

simplesmenteeu disse...

Maria Dias

Fico muito feliz por te sentir de volta. Com as Armas e a Coragem!

Rápido estou por lá em força.

Beijinhos

simplesmenteeu disse...

Crystal

Cada vez acho a escolha do teu nome mais perfeita.
Vejo-te através dele e sinto-te nas palavras.

Beijo terno

simplesmenteeu disse...

Fernanda

O Amor tem um perfume próprio, Sim. Mas é preciso saber senti-lo!

Fala-se abusivamente do que não se conhece... e inverte-se o sentido das coisas...

Beijo carinhoso

simplesmenteeu disse...

Graça

Um sabor nem sempre agradável.
Um tanto contraditório.
Mas sempre vida.

Um beijo

simplesmenteeu disse...

Ana Oliveira

Entre o grito e o canto

entre a lama e o sangue

Sempre se sacode as penas e se

Renasce

Abraço forte e carinhoso

Tchi disse...

Relâmpago na madrugada a reflectir a lentidão à demora do amor que espera que uma porta se abra.

A noite também é uma escolha entre a dádiva das palavras.

Beijinhos.

Helena Paixão disse...

"é um toque suave de nuvens
ou relampago na madrugada" - contrastes... opostos... e no entanto, próximos!

Gostei de ler :-)

Bjs

Ana Martins disse...

Fantástico poema, digno de ser divulgado!!!

Beijinhos,
Ana Martins

simplesmenteeu disse...

Tchi

Podemos ser a chuva que chora e molha os campos.
A caricia que fica escondida na flor.
Podemos ser o relâmpago que ilumina e rasga a noite.
Ou a espera que se cansa sem nada fazer...

Beijo carinhoso

simplesmenteeu disse...

Helena

Há em todos nós essa mistura de contrastes.
Do toque da nuvem, ao ribombar do trovão
do canto do pássaro, á lava que queima

alguns, estão, simplesmente adormecidos...

Beijos

simplesmenteeu disse...

Ana Martins

Cheguei aqui a pensar:

Uns, nascem para viver através da pele. Outros, para viver através do sonho.

Quando uma das coisas ganha relevo dentro de nós, a outra, adormece...

Ou, será que, é só, dentro de mim, que assim acontece?!

Obrigada pelas tuas palavras. Fico feliz que tenhas gostado.

Beijinhos

Carla disse...

soltam-se as palavras na beleza do sentido
beijo

Secreta disse...

É uma turbulencia de sentires...

Secreta disse...

É uma turbulencia de sentires...

O Profeta disse...

Pintei em traços vibrantes
Aprisionei a beleza e a harmonia
Dancei no sabor de irreverentes matizes
Misturei a aurora com o fim do dia

Um violoncelo soltou duas notas sorridentes
Dançaram as cores de forma trágica
Os pincéis inventaram a doçura do teu rosto
Em movimentos de rodopiante mágica


Bom fim de semana



Mágico beijo

isabel mendes ferreira disse...

levo sempre o abraço. na constância do que resiste.


obrigada L.

Chris disse...

Abraço que funde as almas... gostei da conjugação dos eternos elementos.
Um beijinho
Chris

Naty e Carlos disse...

Adorei.passei para te desejar um bom fim de semana
bjs

Multiolhares disse...

Eu desenho num papel branco palavras douradas pelo teu lindo poema
beijinhos

simplesmenteeu disse...

Carla

realidade, é que, só somos tocados, pelas palavras ditadas pelos sentidos.

Um beijo

simplesmenteeu disse...

Secreta

Sentires ordenados perdem a graça e a verdade...:)

Um beijo

simplesmenteeu disse...

O Profeta

Pintar é libertar a beleza e a harmonia.

Bom fim de semana

Beijo carinhoso

simplesmenteeu disse...

y

de tão constante o abraço

o tempo se curvou

diante dele.

Abraço
de Sempre

simplesmenteeu disse...

Chris

Acredito no abraço onde todos os elementos se conjugam, onde as almas se fundem e os corpos se eternizam.

Obrigada pela visita e pelas palavras

Beijo terno

simplesmenteeu disse...

Naty e Carlos

Obrigada pelas palavras.

Bom fim de semana

Beijnhos

simplesmenteeu disse...

Multiolhares

As tuas palavras são sempre desenhadas a ouro. Completas com o teu olhar que sabe descobrir a poesia das coisas.

Obrigada pelas palavras e pela força.

Beijo carinhoso



Chove no país das fadas...

e até as árvores se esqueceram de anunciar a primavera!...


Acerca de mim

A minha foto
procura de um sentido... .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. "em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos" --A. Saint-Exupéry--